Resíduo Hospitalar

Os Resíduos Hospitalares não são necessariamente gerados por hospitais, mas sim por vários órgãos referentes a saúde como laboratórios de analises clinicas, clinicas dentarias e outros. Os materiais depositados nesse tipo de lixo são contagiosos, por isso devem ser cuidadosamente manuseado. Podemos citar alguns desses materiais, restos de sangue e soro, órgãos e líquidos humanos, lâmina de bisturi, agulhas e outros.

No Brasil é produzido mais ou menos 1.250 toneladas de lixo hospitalar, sendo que a maioria são lançados á céu aberto, podendo causar vários tipos de doenças na população como, Hepatite, Tifo, Tuberculose, Tétano, Febre Amarela e outras. Existem algumas normas sanitárias onde exigem que a separação do Lixo Hospitalar seja feita por classe e  identificada, cada tipo deve ter coleta e destino diferente um do outro. Cabe a cada estabelecimento gerenciar seu próprio resíduo de forma que atenda as normas ambientais. De acordo com essas normas o lixo deve ter um tratamento especial do tipo, Desinfecção Química, Incineração e Pirólise, Vala Séptica e varias outras. Esses Resíduos Hospitalares se dispostos á condições inadequadas podem causar danos ao meio ambiente e consequentemente a saúde humana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias