Invisível – Rosa de Saron

É, vidas passam sem ninguém notar

Quem se importa com o que eu vou falar?

Estou com pressa, agora não vai dar

E invisível eu ando por aí

Vago sem saber pra onde ir

Grito na esperança que alguém ouça a minha voz

Uma luz, então vi e senti clarear

Tua luz, faz eu crer que alguém pode escutar

É, portas fecham em todo lugar

Medo escurecendo o olhar

Meu vizinho chama solidão

Sei que nunca quis viver assim

Quem escolheu isso pra mim?

Eu grito na esperança que alguém ouça a minha voz

Uma luz, então vi e senti clarear

Tua luz, faz eu crer que alguém pode escutar

Eu pude entender

A luz que irradia minha alma

Trouxe paz

Onde não havia

Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias